ESPAÇO PARTICULAR SEM QUALQUER RELAÇÃO LEGAL COM A IGREJA

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Solidariedade


Pessoal já postei anteriormente sobre este caso, mas o nosso irmão continua precisando da doação.
Ele é irmão do meu cunhado Eguimar.
A família agradeçe a ajuda de todos.
(obs: está imagem eu peguei no blog Sociedade de Socorro Online , que é de algumas irmãs da Estaca dele)

sábado, 12 de dezembro de 2009

Venha Celebrar Conosco o Verdadeiro Espirito de Natal


Uma apresentação da Ala Vila Aurora - Estaca Ribeirão Pires, venha participar com seus familiares e amigos.

sábado, 21 de novembro de 2009

Ficando mais velho




A extamente 34 anos atrás chegava neste mundo uma pessoa muito especial: "EU"....
Muitas coisas já aconteceram na minha vida e acredito que muitas outras irão acontecer.
Tenho certeza que o meu Pai Celestial tem muitas bençãos para mim, e ele espera que eu possa ser um filho obediente e que cumpra com a minha missão neste mundo, para que um dia possa voltar a presença dele junto com minha família.
Ele tem tantas bençãos para mim, que hoje antes de encerrar o meu expediente na empresa fui chamado na sala do meu supervisor e recebi a noticia de que fui contrato em definitivo pela empresa.
Que presente de aniversário hein...
Obrigado SENHOR por mais este ano de vida e que eu possa fazer sempre a sua vontade.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Comentário de Max Gheringer - Rádio CBN. Falando sobre o mercado de trabalho


‘Existem muitos gurus que sabem dar respostas criativas às grandes questões sobre o mercado de trabalho. Aqui vai um pequeno resumo da entrevista com o famoso Reynold Remhn:

Pergunto: Ainda é possível ser feliz num mundo tão competitivo?

Resposta: Quanto mais conhecimento conseguimos acumular, mais entendemos que ainda falta muito para aprendermos. É por isso que sofremos. Trabalhar em excesso é como perseguir o vento. A felicidade só existe para quem souber aproveitar agora os frutos do seu trabalho.

Segunda pergunta: O profissional do futuro será um individualista?

Resposta: Pelo contrário. O azar será de quem ficar sozinho, porque se cair, não terá ninguém para ajudá lo a levantar-se.

Terceira pergunta: Que conselho o Sr dá aos jovens que estão entrando no mercado de trabalho? 

Resposta: É melhor ser criticado pelos sábios do que ser elogiado pelos insensatos. Elogios vazios são como gravetos atirados em uma fogueira.

Quarta pergunta: E para os funcionários que tem Chefes centralizadores e perversos?

Reposta: Muitas vezes os justos são tratados pela cartilha dos injustos, mas isso passa. Por mais poderoso que aguém pareça ser, essa pessoa ainda será incapaz de dominar a própria respiração. 

Última pergunta: O que é exatamente sucesso?

Resposta: É o sono gostoso. Se a fartura do rico não o deixa dormir,ele estará acumulando, ao mesmo tempo, sua riqueza e sua desgraça.

 Belas e sábias respostas

 Eu só queria me desculpar pelo fato de que não existe nenhum Reynold Remhn.Eu o inventei. Todas as respostas, embora extremamente atuais foram retiradas de um livro escrito a 2.300 anos: o ECLESIASTES, do VelhoTestamento . Mas, se eu digo isso logo no começo, muita gente, talvez,nem tivesse interesse em continuar ouvindo.

Max Gheringer para a CBN’.

sábado, 14 de novembro de 2009

Comece com o objetivo em mente




As pessoas, as famílias, os grupos e as organizações moldam o próprio futuro ao criarem uma imagem e um objetivo mental para qualquer projeto, seja ele grande ou pequeno. Não vivem apenas um dia após o outro, sem terem um objetivo claro em mente. Identificam-se e comprometem-se com os princípios, com os relacionamentos e com os objetivos mais importam para eles.

Stephen R. Covey



Vivemos muito próximos uns dos outros. Assim, nosso objetivo principal nesta vida é ajudar os demais.

Dalai-Lama

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Profetas Modernos

Pessoal vejam que foto linda.


Está foto eu peguei no blog Quorum de Elderes - Ala Casa Forte

Novo Chamado

Depois de ter servido como Secretário da Estaca Ribeirão Pires, ontem recebi um novo chamado Presidente do quórum de Élderes da Ala Vila Aurora.

Existe um ditado que o raio não cai duas vezes no mesmo lugar (rs), isso não se aplicá aos chamados da igreja, pois já é a 3 vezes que sou chamado como Presidente do Quórum de Élderes (2 vezes na Ala Vila Aurora e 1 na Ala Perola da Serra).

Engraçado que quando fui Presidente do Quórum em Perola da Serra o Bispo era o irmão Ademir, que agora é o meu bispo na Ala Vila Aurora.

Por enquanto a presidência não está completa falta chamar o 2º Conselheiro e o Secretário, o 1º Conselheiro é o irmão Diego, que servia como secretário da Ala, com quem já tive a oportunidade de trabalhar na presidência dos Rapazes da Ala.

Estou muito animado com o novo chamado e espero que possa realizar um bom trabalho com a ajuda do SENHOR e dos irmãos da Ala, pois todos sabemos que o desafio é grande e que o inimigo não descansa, e por isso temos que estar preparados e fortalecendo as famílias e atendendo as suas necessidades.



quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Preparar-se para Adorar no Templo

O Presidente David O. Mckay previu que os templos do Senhor encheriam a terra algum dia. Como outros Presidentes da Igreja, ele reconheceu que estas casas do Senhor  são uma parte essencial do evangelho de Jesus Cristo - que nestes lugares santos as pessoas, tanto em conjunto como individualmente, são investidas de poder e bênçãos do alto.

Quando o Presidente Mckay proferiu a oração dedicatória do Templo de Londres, refereiu-se às profecias dos primeiros líderes da igreja e disse: "'Os templos de Deus... serão eigidos nos diversos países na terra.' e... surgirão em toda a terra de José - América do Norte e do Sul - e também na Europa e em todos os lugares. E todos os descendentes de Sem, Cão e Jafé, que não receberam o evangelho na carne, devem ter as ordenanças realizadas em seu favor nos templos de Deus, antes que o Salvador possa apresentar o reino ao Pai.'" ("Londos Temple Dedicatory Prayer", Improvement Era, outubro de 1958, p. 719.) 

Por que a Igreja Constrói Templos?


O Profeta Joseph Smith falou a respeito da construção dos templos:
"Que objetivo poderá ter a coligação dos judeus, ou o povo de Deus em qualquer época do mundo?...
O objetivo principal foi edificar uma casa do Senhor, na qual revelaria a seu povo as ordenanaças de sua casa e as glórias de seu reino, ensinando às pessoas o caminho da salvação; porque há certas ordenanças e principios que, para serem ensinados e praticado, devem ser efetuados em um lugar ou casa edificada para tal propósito...
É pelo mesmo propósito que Deus procura coligar seu povo nos últimos dias; a edificação de uma casa onde as pessoas possam ser preparadas para as ordenanças e investiduras, lavamentos, e unções." (Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, pp. 299,300.)

O que é, basicamente, um templo?


O Élder James E. Talmage escreveu:
"O termo 'templo'... possui um significado restrito e específico...
Um templo é... um lugar especialmente designado para uma obra considerada sagrada... Um templo é um edifício construído e devotado exclusivamente para rituais e cerimônias sagradas.
O latim Templum deriva de equivalente hebreu Beth Elohim, e significa a habitação da DEidade; e, portanto, como associado à adoração à Divindade, significa literalmente a CASA DO SENHOR...
...Um templo é mais do que uma capela ou igreja, mais do que uma sinagoga ou catedral; é uma estrutura erigida como a casa do Senhor, consagrada para a comunicação mais íntima entre o próprio Senhor e o santo sacerdócio, e devotada às ordenanças mais altas e sagradas." (Temples of the Church of Jesus Christ of Latter-day Saints, 1976, pp. 70,77.)

E Sereis Investidos com Poder do Alto

É da vontade do Senhor abençoar e exaltar seus filhos. O Senhor ordenou que seus santos fossem investidos com poder em lugar asnto, e recebessem convênios e ordenanças. Também foram admoestados no sentido de que, se observassem e obedecessem a tudo o que fosse requerido nestas ordenanaças, poderiam tornar-se um dia como o próprio Senhor e receber a plenitude da vida eterna.
O Presidente Brigham Young declarou: "Vossa investidura é receber todas as ordenanças na Casa do Senhor, que são necessárias para que possais, depois de haverdes deixado esta vida, caminhar de volta à presença do Pai, passando pelos anjos que estão de sentinela, podendo apresentar-lhes as palavras-chave, os sinais e simbolos pertencentes ao santo sacerdócio e ganahar a exaltação eterna, a despeito da terra e do inferno." (Dircusros de Brigham Young, p. 416.)

O Élder John A. Widtsoe afirmou: "Ao homem e mulher que passa pelo templo, com os olhos abertos, discernindo os símbolos e os convênios, e fazendo um esforço contínuo para compreender seu significado, Deus anucnia sua palavra, e a revelação surge. A investidura é tão rica em simbolismo, que somente um tolo poderia tentar descrevê-la; é tão plena de revelações aqueles que procuram exercer sua força de buscar e ver, que nenhuma palavra humana pode explicar ou tornar claras as possibilidades que residem no serviço do templo. A investidura que foi dada por revelação pode ser entendida melhor pr meio de revelação; e para os que buscarem com maior vigor, e com corações puros, as revelações serão maiores" ("Temple Worship", Utah Genealogical and Historical Magazine, abril de 1921, p. 63)
 
Vamos a Casa do Senhor

Na oração dedicatória do Templo de Los Angeles, o Presidente Mckay descreveu um ideal de adoração no Templo: "Portanto, todos aqueles que buscarem este templo santo, que venham com mão limpas e corações puros, para que teu Espírito Santo possa estar sempre presente para confortar, inspirar e abençoar. Se alguém com sentimentos sombrios ou coração pesaroso aqui entrar, que possa ter ao sair, suas tristezas dissipadas e sua fé aumentada. Se algum deles tiver inveja ou amargura no coração, que estes sentimentos possam ser substituídos por humildade e perdão. Que todos os que entrarem neste recinto sagrado, possam sentir uma influência pacífica e bendita. Faze, ó Senhor, que todas as pessoas que passarem por estes terrenos ou vislubrarem o templo, a distância, possam erguer oso olhos das coisas aviltantes de um vida sórdida e admirar-te, e à tua providência." (Dedicatory Prayer - Los Angeles Temple, Improvement Era, abril de 1956, p. 227.)

O Templo é um santuário para o mundo. É um pedaço do céu na terra. É um lugar onde as bênçaos da eternidade podem repousar sobre todos aqueles que se preparam fiel e obedientemente para ter a companhia do Espírito Santo. Preparemo-nos para ir ao templo freqüentemente e dignamente. Determinemo-nos a buscar, com todo o coração, as bênçãos do templo e encontrá-las para nós e nossa família. 

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Para quem gosta de Fotos de lugares Maravilhosos

Estava acessando meu msn quando vi no login de um amigo que trabalhou comigo na globo.com o endereço do site dele  www.boney.com.br .

Acessei e fiquei impressionado com as fotos de lugares lindos que ele foi "muitos deles de bicicleta".

Vale a pena fazer uma visita.


sábado, 24 de outubro de 2009

Atividade da Primária da Estaca

Hoje teve uma atividade da primária na nossa Estaca, foi bem legal. Teve pula pula, boliche, piscina de bolinha, escorregador, labirinto e muito refrigerante e cachorro quente.

Vejam algumas fotos que a Néia tirou:


Vera (2ª Cons. da Primária da Estaca) e sua filha Isabelle




Maria Isabel (1ª Cons. da Primária da Estaca)


Vinicius e Diego (meus filhões)

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Como é feita a doação de medula óssea?

Algumas pessoas me perguntaram como é feita a doação de medula óssea, segue abaixo como o procedimento é realizado.

Após a confirmação da compatibilidade entre o doador e receptor e  confirmada a decisão sobre a doação , o resultado é encaminhado ao centro transplantador , e é lançada a possível data do transplante. Confirmada a data, o centro que coletará a medula do doador desencadeará a realização dos exames clínicos, laboratoriais e de imagens do doador, ou seja, a realização do work up do doador.

O potencial doador deve ser avaliado com exame físico e testes laboratorias, a fim de garantir a segurança do receptor, evitando transmissão de doenças, bem como a segurança do próprio doador.

Essa avaliação deve considerar idade, sexo, doenças crônicas, avaliação das funções hepáticas e renal, tipagem ABO e HLA, sorologias, vacinações recentes, teste de gravidez, radiografia de tórax, eletrocardiograma e avaliação psiquiátrica.

Existem duas formas de doar as células progenitoras ou células-mãe da medula óssea. Uma relacionada à coleta das células diretamente de dentro da medula óssea (nos ossos da bacia)  e a outra por filtração de células-mãe que passam pelas veias (aférese).

1) A coleta direta da medula óssea é realizada com agulha especial e seringa na região da bacia . Retira-se uma quantidade de medula (tutano do osso) equivalente à uma bolsa de sangue. Para que o doador não sinta dor, é realizada anestesia e o procedimento dura em média 60 minutos. A sensação do doador é de média intensidade e permanece em média por uma semana (2 a 14 dias), semelhante a uma queda  ou uma injeção oleosa. Não fica cicatriz, apenas a marca de 3 a 5 furos de agulhas. É importante destacar que não é uma cirurgia, ou seja, não há corte, nem pontos. O doador fica em observação por um dia e pode retornar para sua casa no dia seguinte.

2) A coleta pela veia é realizada pela máquina de aférese. O doador recebe um medicamento por 5 dias que estimula a multiplicação das células- mãe. Essas células migram da medula para as veias e são filtradas. O processo de filtração dura em média 4 horas, até que se obtenha o número adequado de células. O efeito colateral mais frequente deste procedimento é devido ao uso do medicamento ,que em alguns doadores pode dar  dor no corpo, como uma gripe.

É necessária a avaliação pela enfermagem do acesso venoso periférico do doador.
Os riscos para o doador são praticamente inexistentes. Até hoje não há nenhum relato de nenhum acidente grave devido a esse procedimento. No caso da punção diretamente dos ossos da bacia, os doadores de medula óssea costumam relatar um pouco de dor no local da punção.

O médico vai informar sobre qual a melhor forma de coleta de células. Dependendo da doença e da fase em que se encontra, o paciente pode se beneficiar mais com uma forma de doação.

O transplante só será realizado quando o paciente estiver pronto para recebê-lo, esta resolução cabe ao médico que está acompanhando o paciente.

O doador por possuir uma medula sadia e bom estado de saúde, reconstituirá o que doou rapidamente e poderá voltar às atividades normais. Em casos especiais e raros, como compatibilidade com outra pessoa, o doador poderá doar novamente a medula óssea.







segunda-feira, 19 de outubro de 2009

DOAÇÃO DE MEDULA ÓSSEA

Nosso amado irmão Lucindo de Jesus Ferreira, que recentemente voltou de missão, recebeu o diagnóstico que necessita urgente de realizar um transplante de medula óssea.

Ele é irmão do meu cunhado, é da Estaca Grajaú.

A família agradece a todos as pessoas que puderem se dirigir ao HOSPITAL DAS CLÍNICAS em São Paulo para ver a compatibilidade para doação.

O código a ser informado no Hospital é 13888827- G.

Que o PAI CELESTIAL abençoe a todos.


segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Feliz Dia das Crianças

Parabéns a todas as crianças por esta data tão especial para elas.


Mas o que todos tem que ter em mente, e que todos os dias estes pequeninos devem ser tratados com amor e respeito.

Os pais tem a sagrada responsabilidade  de suprir as necessidades delas, dando o máximo para que eles possam se tornarem pessoas de bem.

O Presidente Gordon B. Hinckley salientou a importância de educarmos os filhos: “Criem os filhos com amor, na doutrina e admoestação do Senhor. Cuidem de seus pequeninos, recebam-nos em seu lar e amem-nos de todo o coração”.

Educar implica atender às necessidades do filho de modo terno e amoroso. Inclui nutrir (física, emocional e espiritualmente), amar, ensinar, proteger, ajudar, apoiar e incentivar.

Nossos dois baixinhos são tudo para nós, e nos esforçamos para que eles possam crescer crianças felizes e a se tornarem boas pessoas no futuro.

Filhos nós AMAMOS VOCÊS.


sábado, 10 de outubro de 2009

SERVIR À COMUNIDADE E À NAÇÃO




Como membros da Igreja de Jesus Cristo, devemos sentir irmandade e amor por todas as pessoas em todas as nações do mundo, especialmente por aqueles em nossa vizinhança, comunidade e nação. Devemos ser leais ao nosso próprio país e povo e fazer tudo o que pudermos a fim de ajudar nosso governo a atender às necessidades do povo.
 
“Nós cremos que os governos foram instituídos por Deus em benefício
do homem”, declara Doutrina e Convênios, “e que ele considera os
homens responsáveis por seus atos em relação aos mesmos”. 
 
(D&C 134:1)

DEVERES E BENÇÃOS DO SACERDÓCIO Parte A - pág. 184

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Blog da Estaca Ribeirão Pires


Foi criado o blog da Estaca Ribeirão Pires, a idéia foi do Irmão Madison  Secretário Executivo da Estaca.

sábado, 19 de setembro de 2009

As Mulheres em Nossas Vidas - Gordon B. Hinckley

video

Você faz xixi no banho?

Ajude a salvar o planeta.

O SOS Mata Atlântica faz esta campanha para conscientizar as pessoas da necessidade de evitar o desperdício de água. Só na região sudeste, o desperdício chega 360 litros de água por dia. E é no banheiro que se verifica o maior índice: 80% de água vai embora pela pia , pelo chuveiro e principalmente pelo vaso sanitário.

Se a cada banho você fizer xixi no chuveiro, serão cerca de 12 litros economizados da descarga do vaso sanitário. Em uma casa com 3 pessoas a economia é de 36 litros diários, se apenas um banho for utilizado.

Para aderir à campanha e divulgá-la, responda sinceramente à esta pergunta: você faz xixi no banho?, lá no site da campanha, bem aqui: http://www.xixinobanho.org.br/.

video

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Um Coração Quebrantado e um Espírito Contrito

Como eu amo o Élder Joseph B. Wirthlin! O poeta Rudyard Kipling escreveu o seguinte poema, em 1897, como uma advertência contra o orgulho do Império Britânico:

Morrem os gritos e o clamor,
Passa dos reis o vão poder
Ainda teu antigo sacrifício
permanece,
Um humilde e contrito coração.
(“God of Our Fathers, Known of Old”, Hymns, no 80)
Quando Kipling se referiu ao coração contrito como um “sacrifício antigo”, é provável que tivesse em mente o que disse o rei Davi, no salmo 51: “Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; (...) um coração quebrantado e contrito” (Salmos 51:17). As palavras de Davi mostram que, até na época do Velho Testamento, o povo do Senhor compreendia que todos precisavam oferecer o coração a Deus; apenas os sacrifícios queimados não eram suficientes.
Os sacrifícios ordenados na dispensação mosaica apontavam simbolicamente para o sacrifício expiatório do Messias, o único capaz de reconciliar o homem pecador com Deus. Como ensinou Amuleque: “Eis que este é o significado total da lei, cada ponto indicando aquele grande e último sacrifício (...), o Filho de Deus” (Alma 34:14).
Após a Sua Ressurreição, Jesus Cristo declarou ao povo do Novo Mundo:
“Vossos sacrifícios e holocaustos cessarão, porque não aceitarei [nenhum deles]. (...)
E oferecer-me-eis como sacrifício um coração quebrantado e um espírito contrito. E todo aquele que a mim vier com um coração quebrantado, (...) eu batizarei com fogo e com o Espírito Santo” (3 Néfi 9:19–20).
O que são um coração quebrantado e um espírito contrito? E por que isso é considerado um sacrifício?
Assim como em todas as coisas, a vida do Salvador nos oferece o exemplo perfeito: embora fosse inteiramente isento de pecados, Jesus de Nazaré viveu com um coração quebrantado e um espírito contrito, conforme manifestado por Sua submissão à vontade do Pai.
“Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou” (João 6:38). Para Seus discípulos, Ele disse: “Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração” (Mateus 11:29). E quando chegou o momento de realizar o sacrifício final, que fazia parte essencial da Expiação, Cristo não Se recusou a tomar da taça amarga, mas submeteu-Se completamente à vontade de Seu Pai.
A perfeita submissão do Salvador ao Pai Eterno é a própria essência de um coração quebrantado e um espírito contrito. O exemplo de Cristo nos ensina que um coração quebrantado é um atributo eterno da divindade. Quando nosso coração está quebrantado, estamos completamente receptivos ao Espírito de Deus e reconhecemos nossa dependência Dele em tudo o que temos e somos. O sacrifício necessário para isso é o sacrifício do orgulho em todas as suas formas. Como a argila maleável nas mãos de um oleiro habilidoso, o coração quebrantado pode ser moldado nas mãos do Mestre.
Um coração quebrantado e um espírito contrito são também prérequisitos para o arrependimento.
Leí ensinou:
“Portanto a redenção nos vem por intermédio do Santo Messias (...).
Eis que ele se oferece em sacrifício pelo pecado, cumprindo, assim, todos os requisitos da lei para todos os quebrantados de coração e contritos de espírito; e para ninguém mais podem todos os requisitos da lei ser cumpridos” (2 Néfi 2:6–7).
Quando pecamos e desejamos o perdão, um coração quebrantado e um espírito contrito significam sentir a “tristeza segundo Deus” que “opera [o] arrependimento” (II Coríntios 7:10). Isso acontece quando nosso desejo de ser purificados do pecado é tão ardente, que nosso coração dói de tristeza e ansiamos sentir-nos em paz com nosso Pai Celestial. Aqueles que têm o coração quebrantado e o espírito contrito estão dispostos a cumprir toda e qualquer coisa que Deus lhes pedir, sem resistência ou ressentimento. Paramos de fazer as coisas à nossa maneira e aprendemos a fazê-las à maneira de Deus. Nesse estado de submissão, a Expiação pode tornar-se
eficaz e o verdadeiro arrependimento pode ocorrer. O penitente sentirá,então, o poder santificador do Espírito Santo, que o encherá pela paz de consciência e de alegria pela reconciliação com Deus. Em uma maravilhosa união de atributos divinos, o mesmo Deus que nos ensina a viver com um coração quebrantado, convida-nos a regozijar-nos e a ter bom ânimo.
Depois que recebemos o perdão dos pecados, um coração quebrantado serve como escudo divino contra a tentação. Néfi orou: “Que as portas do inferno estejam constantemente fechadas diante de mim, porque meu coração está quebrantado e contrito o meu espírito!” (2 Néfi 4:32.) O rei Benjamim ensinou a seu povo que, se eles vivessem na mais profunda humildade, poderiam regozijar-se para sempre, “[estando] cheios do amor de Deus e [conservando] sempre a remissão [dos] (...) pecados” (Mosias 4:12). Quando entregamos o coração ao Senhor, as tentações do mundo simplesmente perdem o brilho.
Há outra dimensão do coração quebrantado, que é a nossa profunda gratidão pelo sofrimento de Cristo por nós. No Getsêmani, o Salvador “desceu abaixo de todas as coisas” (D&C 88:6), ao tomar sobre Si o fardo dos pecados de cada ser humano. No Calvário, Ele “derramou a sua alma na morte” (Isaías 53:12), e Seu grandioso coração foi literalmente quebrantado com pleno amor pelos filhos de Deus. Quando nos lembramos do Salvador e de Seu sofrimento, nosso coração também se quebranta de gratidão pelo Ungido.
Quando sacrificamos tudo o que temos e tudo o que somos por Ele, o Senhor enche nosso coração de paz. Ele “[restaura] os contritos de coração” (Isaías 61:1) e agracia nossa vida com o amor de Deus, “que é mais doce que tudo que é doce (...) e mais puro que tudo que é puro” (Alma 32:42). Disso testifico, em nome de Jesus Cristo. Amém.


ÉLDER BRUCE D. PORTER
Dos Setenta
Conf. Geral Outubro de 2007

sábado, 5 de setembro de 2009

De molho em casa com a gripe A (H1N1)

Não sei como, nem onde peguei, mas ontem fui diagnosticado com a gripe A (H1N1), ainda bem que não demorou muito para saber. Foi identificado no segundo dia dos sintomas. Agora vou ficar alguns dias afastado do trabalho e dos filhos que foram para casa dos meus pais, já que os dois estão se recuperando de um gripe.

Estou tomando 5 remedios diferentes incluindo o Tamiflu, e contando como sempre com o amor e carinho da minha amada esposa.

Sei que o Senhor irá me abençoar mais uma vez me livrando desta infermidade, para que eu possa voltar a trabalhar e servir na igreja.


sábado, 29 de agosto de 2009

Eduardo

Este lindo bebê é o Eduardo, filho do meu primo Renato e sua esposa Lucimara.
Que o Pai Celestial Abençoe está linda criança com muita saúde e Paz.
Parabéns a família por está linda benção.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Igreja lança oficialmente Blog – como ferramenta de informações e notícias públicas

Esta semana, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por meio do Departamento de Assuntos Públicos lançou um Blog como ferramenta complementar de comunicação pública.

O objetivo desse blog é proporcionar aos jornalistas, “blogueiros” e público informações, notícias e esclarecer questões públicas relativas à Igreja.

O Blog será administrado pelo Departamento de Assuntos Públicos de Salt Lake City e, neste momento, o acesso é disponível ao conteúdo em Inglês.

Esse blog, foi aprovado pelo Comitê de Assuntos Públicos da Igreja. Existem algumas formas de acompanhá-lo:

1. URL: http://Newsroom.lds.org/blog

2. Newsroom email subscription: http://visitor.constantcontact.com/manage/optin?v=001XD12kJXQvYIij9cD0PwPSQtfccajHxSJxEoa6xDkM4LHx5wAEAY-T3gxy2irfrOH

3. Facebook: http://www.facebook.com/LDSNewsroom

4. Twitter: http://twitter.com/ldsnewsroom

É importante lembrar que hoje em dia há diversas novas mídias – websites, twitter, facebook, youtube, blogs etc. Lembramos que, sob a liderança do sacerdócio – Primeira Presidência e Quórum dos Doze Apóstolos, e com critérios definidos, a Igreja tem utilizado tais recursos. Por exemplo, conheça também o portal no youtube:

http://www.youtube.com/ldspublicaffairs

Declaração do Pres. Barack Obama, sobre a visita do Pres. Monson a Casa Branca


A CASA BRANCA

Gabinete do Secretário de Imprensa

----------------

Para Comunicação Imediata 20 de julho de 2009

Declaração do Presidente Após o Encontro com o Líder da Maioria

do Senado, Harry Reid, e Líderes da Igreja SUD

O Presidente emitiu a seguinte declaração após reunir se com o Líder da Maioria do Senado, Harry Reid, e Líderes da Igreja SUD na Casa Branca hoje:

“Gostei muito de meu encontro com o Presidente Monson e o Elder Oaks. Estou grato pelos registros genealógicos que trouxeram consigo e aguardo ansiosamente para ler o material com minhas filhas. É algo que nossa família apreciará por muitos anos.”

Prefeito de Junidaí recebe coordenador do projeto "Mãos que Ajudam"


O prefeito Miguel Haddad recebeu, na tarde desta terça, dia 27, representantes da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que apresentaram alguns projetos sociais desenvolvidos pela instituição, dentre eles, o programa "Mãos que Ajudam". “A Prefeitura se coloca à disposição, visto que o propósito dos projetos é contribuir com o bem estar da sociedade. O exemplo estimula o desenvolvimento de ações conjuntas no exercíco da solidariedade”, salientou o prefeito.
Estiveram presentes o coordenador do “Mãos que Ajudam”, Arnaldo Schioser, o coordenador de mídia, Alex Garcia de Paula, o diretor de Assuntos Públicos, Nei Tobias Garcia, além de José Antônio Kachan. “Entregamos ao prefeito um colete alusivo ao Programa, que é desenvolvido em todo o Brasil”, explicou Nei .

Ainda durante o encontro, o prefeito recebeu um kit bebê, composto por fralda, toalha, sabonete, pomada para assadura, entre outros itens, como parte das ações sociais desenvolvidas pela Igreja. De acordo com o coordenador do Programa, no dia 12 de outubro, serão entregues 200 kits bebê no Hospital Universitário. "As ações sociais desenvolvidas pela Igreja são constantes, por isso o apoio da Prefeitura é fundamental para o projeto ter um alcance ainda maior", afirmou Arnaldo.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Marido e Esposa São Parceiros Iguais

O Sacerdócio é o poder e autoridade delegada por Deus ao homem na terra para agir em nome dele e no de Jesus Cristo.

Possuir o sacerdócio é ter o privilégio de invocar os poderes dos céus para ajudar-nos a cumprir nossas responsabilidades e oportunidades sagradas. O poder do sacerdócio é delegado à humanidade, para que possamos auxiliar nosso Pai Celestial e o Salvador em sua gloriosa obra de "proporcionar a imortalidade e vida eterna ao homem"(Moisés 1:39).

Embora sejam diferentes certos papéis básicos designados aos homens e mulheres, os maridos e esposas são parceiros iguais na conjunta ventura de proporcionar a exlatação a suas famílias e a todos os filhos de Deus. O Élder Marion D. Hanks disse o seguinte, a respeitode seus diferentes papéis ao trabalhar em comum por esta meta:

"Para ela, as palavras - palavras sagradas - são esposa, mãe, dona de casa, alma do lar; para ele, marido, pai, protetor, provedor, líder do lar no cálido espirito do sacerdócio.

Juntos formam uma parceira na qual compartilham, apredem, progridem". ("Casamento Eterno", A Liahona, janeiro de 1985, p.36.)

Os homens e mulheres não somente trabalham juntos para concretizar a mesma meta de construir o reino de Deus, como também têm o idêntico privilégio de receber as bênçãos espirituais.

O Élder Bruce R. McConkie declarou: "Nas coisas espirituais, relativas a todos os dons do Espírito, como recebimento de revelação, obtenção de testemunhos e visões, em tudo quanto envolva a divindade e a santidade, fruto da retidão pessoal - homens e mulheres estão em posição de absoluta igualdade diante do Senhor." ("Nossas Irmãs Desde o Princípio", A Liahona, junho de 1979, p.7.)

Fortalece A Teus Irmãos
Guia de Estudo Pessoal do Sacerdócio de Melquisedeque 4
págs. 72,73

domingo, 9 de agosto de 2009

Feliz dia dos Pais

Tempos atrás, eu era vizinho de um médico, cujo “hobby” era plantar árvores no enorme quintal de sua casa. Às vezes, observava da minha janela o seu esforço para plantar árvores e mais árvores, todos os dias.
O que mais chamava a atenção, entretanto, era o fato de que ele jamais regava as mudas que plantava. Passei a notar, depois de algum tempo, que suas árvores estavam demorando muito para crescer. Certo dia, resolvi então aproximar-me do médico e perguntei se ele não tinha receio de que as árvores não crescessem, pois percebia que ele nunca as regava. Foi quando, com um ar orgulhoso, ele me descreveu sua fantástica teoria. Disse-me que, se regasse suas plantas, as raízes se acomodariam na superfície e ficariam sempre esperando pela água mais fácil, vinda de cima. Como ele não as regava, as árvores demorariam mais para crescer, mas suas raízes tenderiam a migrar para o fundo, em busca da água e das várias fontes nutrientes encontradas nas camadas mais inferiores do solo. Assim, segundo ele, as árvores teriam raízes profundas e seriam mais resistentes às intempéries. Disse-me ainda, que freqüentemente dava uma palmadinha nas suas árvores, com um jornal enrolado, e que fazia isso para que se mantivessem sempre acordadas e atentas. Essa foi a única conversa que tive com aquele meu vizinho. Logo depois, fui morar em outro país, e nunca mais o encontrei. Varios anos depois, ao retornar do exterior fui dar uma olhada na minha antiga residência. Ao aproximar-me, notei um bosque que não havia antes. Meu antigo vizinho, havia realizado seu sonho! O curioso é que aquele era um dia de um vento muito forte e gelado, em que as árvores da rua estavam arqueadas, como se não estivessem resistindo ao rigor do inverno. Entretanto, ao aproximar-me do quintal do médico, notei como estavam sólidas as suas árvores: praticamente não se moviam, resistindo implacavelmente àquela ventania toda. Que efeito curioso, pensei eu… As adversidades pela qual aquelas árvores tinham passado, levando palmadelas e tendo sido privadas de água, pareciam tê-las beneficiado de um modo que o conforto o tratamento mais fácil jamais conseguiriam. Todas as noites, antes de ir me deitar, dou sempre uma olhada em meus filhos. Debruço-me sobre suas camas e observo como têm crescido. Freqüentemente, oro por eles. Na maioria das vezes, peço para que suas vidas sejam fáceis: “Meu Deus, livre meus filhos de todas as dificuldades e agressões desse mundo”… Tenho pensado, entretanto, que é hora de alterar minhas orações. Essa mudança tem a ver com o fato de que é inevitável que os ventos gelados e fortes nos atinjam e aos nossos filhos. Sei que eles encontrarão inúmeros problemas e que, portanto, minhas orações para que as dificuldades não ocorram, têm sido ingênuas demais. Sempre haverá uma tempestade, ocorrendo em algum lugar. Portanto, pretendo mudar minhas orações. Farei isso porque, quer nós queiramos ou não, a vida é não é muito fácil. Ao contrário do que tenho feito, passarei a orar para que meus filhos cresçam com raízes profundas, de tal forma que possam retirar energia das melhores fontes, das mais divinas, que se encontram nos locais mais remotos. Oramos demais para termos facilidades, mas na verdade o que precisamos fazer é pedir para desenvolver raízes fortes e profundas, de tal modo que quando as tempestades chegarem e os ventos gelados soprarem, resistiremos bravamente, ao invés de sermos subjugados e varridos para longe.


Autor Desconhecido

Que neste dia dos Pais, possamos refletir quanto a maneira que estamos ensinando nossos filhos. Se estamos carregando eles no colo ou se estamos os ajudando a se tornar pessoas preparadas para enfrentar os desafios da vida.
Que nosso Pai Celestial possa nos ajudar neste chamado "de PAI", e que possamos buscar sempre a orientação do SENHOR, em todos os momentos, ensinando os nossos filhos no caminho correto.



segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Divertir-se Juntos

Durante o namoro, as pessoas interessam-se uma pela outra ao participar juntas de atividades
recreativas; depois do casamento, ficam tão ocupadas que todo o seu tempo de interação é despendido na resolução de problemas do cotidiano, trabalho e criação dos filhos.
Howard Markman, Scott Stanley e Susan Blumberg observaram que não é de repente que os cônjuges perdem a atração um pelo outro. Na verdade, “o principal motivo para a diminuição da atração é o fato de os casais negligenciarem as próprias coisas que constituíram e mantiveram a atração: a amizade e a diversão”. Eles recomendam que os cônjuges reservem tempo para o entretenimento e não tentem resolver problemas nesses momentos.
A escritora Susan Page descobriu em sua pesquisa que os casais bem-sucedidos passam juntos muito tempo de entretenimento, longe das distrações do lar e da carreira. As atividades em si não são tão importantes quanto a atitude ao realizá-las. Page observou que os casais felizes fazem coisas como “dançar, correr ou fazer ginástica, caminhar, esquiar, jogar voleibol, (...) comer fora, ir ao cinema, teatro ou concertos, receber amigos, participar de jogos de salão”. Muitas vezes, as atividades mais agradáveis são as menos dispendiosas.
Os líderes da Igreja ensinaram que a recreação fortalece a vida familiar. A Primeira Presidência e o Quórum dos Doze citaram a importância de “atividades recreativas salutares” no estabelecimento de um casamento e uma família feliz.
O Presidente Ezra Taft Benson ensinou que a noite familiar é um momento propício para a diversão em família: “A noite familiar deve realizar-se uma vez por semana como um momento de recreação, projetos de serviço, esquetes, músicas em volta do piano, brincadeiras, lanches especiais e orações familiares. Como os elos metálicos numa corrente, essa prática unirá a família em amor, orgulho, tradição, força e lealdade”.

FORTALECER O CASAMENTO GUIA DE RECURSOS PARA CASAIS
pg. 28

Um bom dia para ser feliz



Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma e agradecer a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um “não”.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós.

É ter maturidade para falar “eu errei”.
É ter ousadia para dizer “me perdoe”.
É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”.
É ter capacidade de dizer “eu te amo”.

Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz…
E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo, pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.
E descobrirá que…
Ser feliz não é ter uma vida perfeita.

Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciência.
Usar as falhas para esculpir a serenidade.
Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Jamais desista de si mesmo!!! Jamais desista das pessoas que você ama. Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível. E você é um ser humano especial!



sábado, 1 de agosto de 2009

O bom uso da Imaginação

Um cachorrinho, perdido na selva, vê um tigre correndo em sua direção.

Pensa rápido, vê uns ossos no chão e se põe a mordê-los.

Então, quando o tigre está a ponto de atacá-lo, o cachorrinho diz:

- Ah, que delícia este tigre que acabo de comer!

O tigre pára bruscamente e sai apavorado correndo do cachorrinho, e no caminho vai pensando:
“Que cachorro bravo!

Por pouco não come a mim também!”

Um macaco, que havia visto a cena, sai correndo atrás do tigre e conta como ele havia sido enganado.

O tigre, furioso, diz:

- Este Cachorro Vai me pagar!

O cachorrinho vê que o tigre vem atrás dele de novo e desta vez traz o macaco montado em suas costas.
“Ah, macaco traidor!

O que faço agora?”, pensou o cachorrinho.

Em vez de sair correndo, ele ficou de costas, como se não estivesse vendo nada. Quando o tigre está a ponto de atacá-lo de novo, o cachorrinho diz:

- Macaco preguiçoso!

Faz meia hora que eu o mandei me trazer um outro tigre e ele ainda não voltou!

“EM MOMENTOS DE CRISE, SÓ A IMAGINAÇÃO
É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO.”

Albert Einstein

O Amor


O amor é uma força mais formidável que qualquer outra. Ele é invisível - não pode ser visto ou medido, e mesmo assim, ele é suficientemente poderoso para te transformar em um momento, e te oferecer mais alegria do que qualquer bem material poderia.

Barbara DeAngelis

sábado, 25 de julho de 2009

Que entrada na Igreja !

video

Muito diferente.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Amor



















Eternamente apaixonado por você !
Como EU TE AMO!!!!

domingo, 12 de julho de 2009

Murilo


Este bebê lindo e o filho da minha cunhada Cida.
O Murilo já está com 5 meses, e esta foto foi tirada no dia do batismo do Vinicius.
Muita Saúde e Paz para você Murilo.


Conferência da minha Ala

Hoje foi realizada a conferência da minha Ala (Vila Aurora), fui muito boa tivemos uma boa frequência, e fomos nutridos pela boa palavra.
Além dos ótimos hinos cantados pelo Coral da Ala.
A nossa Ala agora tem um coral permanente que já se apresentou no Encontro de Corais da Estaca Ribeirão Pires e agora na nossa conferência de Ala.
A proposta é manter um coral permanente e parece que vai dar certo.
Estes são os integrantes do nosso Coral:

Parabéns a todos !


sexta-feira, 10 de julho de 2009

Fortalecer os Laços Familiares

Como devemos demonstrar respeito a nossos pais?

O Presidente Kimball disse que os membros da Igreja "devem cuidar de seus pais e mães, não importa se eles se tornaram senis, não importa que eles se tornem difíceis de tratar. eles devem ser cuidados; isto é parte do programa do Senhor."

Ensign novembro de 1976 p. 127

Que tipo de relacionamento os pais devem ter com seus filhos?

O Presidente Benson aconselhou: " Vosso lar deve ser um refúgio de paz e alegria para a família. Nenhuma criança deve temer o próprio pai - sobretudo um pai portador do sacerdócio . O pai tem por dever tornar o lar um local de felicidade e alegria. Isto é impossível se houver brigas, discussões, contendas ou mau comportamento. O poderoso efeito de um pai justo, disciplinado e educando, acalentando e amando, é vital para o bem-estar espiritual dos filhos."

("Aos Pais de Israel", A Liahona, janeiro de 1988, p. 52.)

Eis algumas sugestões para o fortalecimento dos laços familiares. Por meio da oração, um portador do sacerdócio e sua esposa podem ser inspirados a encontrar meios específicos de fortalecer a família.

  1. Escutem cuidadosa e demoradamente seus filh0s, e tentem compreender o que eles estão dizendo. Sejam solidários com os sentimentos deles.
  2. Estabeleçam normas sábias e justas para a família e sigam-nas consistentemente. Convide os filhos a ajudarem vocês a estabelecer tais normas e as consequências concernentes a elas.
  3. Dêem exemplo de serviço, oferecendo companhia e ajuda aos necessitados , sem ninguém precisar perdir-lhes.
  4. Procurem as características positivas de seus filhos. Façam mais comentários sobre coisas boas que eles fazem do que sobre coisas que eles precisam corrigir. Reconheçam e agradeçam os membros da família por sua fé no Senhor, sua consideração, suas realizações válidas, seu amor e sua lealdade para com a família, e seus desejos justos.
  5. Contenham-se ao castigar seus filhos. quando tiverem vontade de explodir, acalmem-se; depois corrijam seus filhos com amor e paciência(D&C 121:43-44). Às vezes será preciso orar pedindo ajuda ao Espírito para manter a calma.
  6. Apóie e honre a esposa na frente dos filhos, bem como em particular. O Élder Boyd K. Packer declarou: " O pai é, antes de tudo, um marido, e é essencial, para que se criem filhos valorosos uma consideração apropriada pela esposa e mãe da família." (Improvement Era, dezembro de 1963, p. 1084.)

Fortalece A Teus Irmãos
(Guia de Estudo Pessoal do Sacerdócio de Melquisedeque 4)
p. 50-51

10 Anos que fui batizado


A exatamente 10 anos atrás eu e a minha prima Adriana, entravamos nas àguas do batismo, para iniciarmos uma nova vida.
E que nova vida iniciamos!
Com o conhecimento do evangelho restaurado e com a oportunidade de conhecer coisas que nunca imaginavamos estar ao nosso alcance, como viver com a nossa família para toda a eternidade.
Estes são até agora os melhores 10 anos da minha vida.
E espero ter muitas outras experiências que vão edificar o meu testemunho e que me ajudará a ser mais semelhante a Cristo.
Eu amo este Evangelho.
E agradeço ao Pai Celestial por todas as bençãos derramadas em minha vida.

sábado, 4 de julho de 2009

Fonte

O irmão Peri fez alguns comentários sobre a fonte de algumas postagens que estão no meu blog.
Desde já quero pedir desculpa por aqueles artigos que não mencionei a fonte e que era do antigo blog dele materialmormon.brogui.com , e que eu mesmo indicava no meu blog na lista de favoritos antes de o blog dele deixar de existir.
Agora que tenho o novo endereço do blog:materialmormon.ning.com, irei colocar novamente na minha lista de favoritos.
Como foi o começo do meu blog acabei não seguindo esta regrinha básica, mas já faz algum tempo que estou citando a fonte das postagens que é o mais correto.
O erro já foi corrigido e mencionado a fonte nas postagens.
Um abraço a todos.


domingo, 28 de junho de 2009

Lições que aprendi quando um menino

video

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Lares Sagrados, Templos Sagrados


ÉLDER GARY E . STEVENSON
Dos Setenta
Compreender a natureza eterna do templo vai aproximá-lo de sua família; compreender a natureza eterna da família vai aproximá-lo do templo

Que conferência maravilhosa estamos tendo! Como somos abençoados por ouvir os conselhos da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze, a quem apoiamos como profetas, videntes e reveladores!
Lembro-me de uma tarde ensolarada, quando a primavera tentava despontar ao fim de um longo inverno em Cache Valley, Utah. Meu pai, cujos sábados eram sempre tomados pelos netos, passou por nossa casa e convidou- nos para “dar uma volta”. Sempre radiantes por passearem na caminhonete do vovô, nossos filhos de quatro e seis anos correram para o assento de trás, enquanto eu fiquei na frente, com meu pai. Nosso passeio nos levou para as ruas do centro de Logan, que circunda o Templo de Logan, majestosamente situado numa colina, bem no coração da cidade. Ao nos distanciarmos de Logan, saímos das ruas calçadas e movimentadas para estradas poeirentas e pouco usadas onde cruzamos velhas pontes, serpenteando entre árvores, mata adentro. Estávamos longe de qualquer tráfego e completamente sozinhos.
Percebendo que os netos estavam num lugar onde nunca tinham estado antes, meu pai parou a caminhonete. “Vocês acham que estamos perdidos?” perguntou aos meninos que estavam de olhos arregalados e olhavam o vale atentamente pelo para-brisa. Após um momento de avaliação silenciosa, ouviu-se a resposta profunda de um garotinho. “Olha”, disse ele apontando com o dedo. “Vovô, você nunca está perdido, se consegue ver o templo.”Nossos olhos se voltaram para a
mesma direção que os dele, vendo o sol refletir nas torres do Templo de Logan, do outro lado do vale.
Vocês nunca estão perdidos quando conseguem ver o templo. O templo dará orientação a vocês e a sua família num mundo repleto de caos. Ele é um marco eterno que os ajudará a não se perderem na “névoa de escuridão”. É a “casa do Senhor”. É um lugar onde fazemos convênios e
realizamos ordenanças eternas. No Livro de Mórmon, o rei Benjamim orientou seu povo (os santos da época) a se reunir: “cada homem com a porta de sua tenda voltada para o templo”. Como membros da Igreja, recebemos, há pouco, conselhos de profetas modernos que, se seguidos, voltarão as portas de nosso lar mais plenamente na direção do templo.
A Primeira Presidência convidou “os membros adultos a terem uma recomendação atualizada para o templo e a visitarem-no com mais frequência” nos lugares em que o tempo e as circunstâncias permitirem e incentivou os membros a “trocarem algumas horas de lazer pelo serviço no templo”. Também incentivou “os membros batizados recentemente e os jovens da Igreja com idade a partir de 12 anos a viverem de modo dignopara auxiliarem nesse grande trabalho, servindo como procuradores para batismos e confirmações”. Até as crianças pequenas foram incentivadas a visitar a área em volta do templo e até a tocá-lo. O Presidente Monson certa vez aconselhou: “Ao tocarmos no templo, o templo tocará em nós”.
Somos abençoados por viver numa dispensação em que se constroem templos, em que 146 deles foram dedicados ou anunciados. No verbete “Templo”, no Bible Dictionary, lemos o seguinte: “É o lugar de adoração mais sagrado da Terra”, seguido por esta declaração perspicaz: “Somente o lar se compara ao templo quanto à santidade”. Para mim, isso sugere uma relação sagrada entre o templo e o lar. Podemos não somente voltar a porta do nosso lar para o templo, ou para a “casa do Senhor”, como também fazer de nosso lar uma “casa do Senhor”.
Recentemente, numa conferência de estaca, todos os presentes foram convidados pela autoridade visitante, o Élder Glen Jenson, Setenta de Área, a fazer uma visita virtual a sua casa usando os olhos espirituais. Gostaria de convidar cada um de vocês a fazer o mesmo. Onde quer que esteja o seu lar, seja qual for sua forma, a aplicação dos princípios eternos do evangelho entre suas paredes é universal. Vamos começar. Imaginem que estão abrindo a porta da frente e entrando em sua casa. O que estão vendo e como se sentem? É um lugar de amor, paz e um refúgio do mundo, como o templo? É uma casa limpa e arrumada? Ao andarem pelos cômodos da casa, vocês veem imagens edificantes, como gravuras do templo e do Salvador? O quarto ou o local onde vocês dormem é um lugar de oração pessoal? O local de reunião ou a cozinha é um
lugar onde o alimento é preparado e as refeições são feitas em conjunto, onde há conversas edificantes e pode-se passar algum tempo em família? As escrituras estão num local onde a família pode estudar, orar e aprender em conjunto? Vocês têm um lugar para fazer seu estudo pessoal do evangelho? A música que vocês escutam ou as diversões que veem, on-line ou de outra forma, ofendem o Espírito? As conversas são edificantes, sem brigas? Isso conclui nossa visita. Talvez vocês, como eu, tenham encontrado alguns pontos que precisam de uma pequena “melhoria” — espero que não de “uma grande reforma”.
Quer a casa seja grande ou pequena, humilde ou suntuosa, há lugar para cada uma dessas prioridades do evangelho em nosso lar.
A fim de santificar e dignificar o templo e aqueles que o frequentam, o Senhor estabeleceu padrões por meio de Seus servos, os profetas.
Seria bom que conversássemos, em conselhos de família, sobre os padrões a serem adotados em nosso lar para mantê-lo sagrado e torná-lo uma “casa do Senhor”. A admoestação de “[estabelecer] uma casa, sim, uma casa de oração, uma casa de jejum, uma casa de fé, uma casa de aprendizado, uma casa de glória, uma casa de ordem, uma casa de Deus” dá-nos uma percepção divina do tipo de lar que Senhor gostaria que tivéssemos. Fazer essas coisas dá início
à construção de uma “mansão espiritual” em que todos podemos residir, sejam quais forem as circunstâncias do mundo — um lar cheio de tesouros que “nem a traça nem a ferrugem consomem”.
Lá existe uma união justa entre o templo e o lar. Compreender a natureza eterna do templo vai aproximá-lo de sua família; compreender a natureza eterna da família vai aproximá-lo do templo. O Presidente Howard W. Hunter declarou: “Nas ordenanças do templo, constroem-se os alicerces da família eterna”.
O Presidente Boyd K. Packer aconselhou: “Pronunciem a palavra templo. Digam-na de modo calmo e reverente. Repitam-na muitas e muitas vezes. Templo. Templo. Templo. Acrescentem a palavra ‘sagrado’. Templo Sagrado. Digam-na como se estivesse escrita com a letra inicial
maiúscula, não importa em que lugar da frase ela apareça. Templo.
Outra palavra igualmente importante para os santos dos últimos dias é Lar. Juntem as palavras templo sagrado e lar, e vocês terão a descrição da casa do Senhor!”
No ano passado, as crianças da Primária de cada ala e ramo (são milhares no mundo inteiro), cantaram para seus familiares e para os membros de sua própria ala na apresentação da Primária na reunião sacramental. Cantaram hinos que falavam sobre desejo, promessas e preparação. A música que cantaram começa com “lar sagrado” e continua com “templos sagrados”. Acho que vocês conseguem ouvir a melodia mentalmente enquanto leio a letra:

Eu gosto de ver o templo,
Ali eu hei de entrar,
Sentindo o Santo Espírito,
Vou escutar e orar.
Porque o templo é a Casa do
Senhor,
Lugar santificado.
Devo preparar-me desde já —
É meu dever sagrado.
Eu gosto de ver o templo,
Ali eu entrarei.
Com Deus farei convênios,
Que obedecerei.
As famílias podem se selar
Pra toda a eternidade.
Agradeço ao Pai por me ensinar
Bem cedo essa verdade.

O Presidente Boyd K. Packer declarou: “O propósito maior de tudo o que ensinamos é unir pais e filhos na fé do Senhor Jesus Cristo, para que sejam felizes em seu lar, selados em um casamento eterno, ligados a suas gerações passadas e futuras e seguros de sua exaltação na presença de
nosso Pai Celestial”.
Testifico-lhes que a aplicação desses princípios ajudará a abrir as portas do seu lar para o templo, ou a casa do Senhor, permitindo mais plenamente que seu lar sagrado se torne uma casa
do Senhor.
Termino onde comecei, com as palavras de uma criança inocente: “Você nunca está perdido se consegue ver o templo”, e acrescento meu testemunho da natureza sagrada de nosso lar e dos templos do Senhor.
Sei que Deus é nosso amoroso Pai Celestial. Presto testemunho de Jesus Cristo e de Seu papel como nosso Salvador e Redentor, e dos profetas vivos autorizados para exercerem todas as chaves do sacerdócio, de Joseph Smith a Thomas S. Monson. E isso faço no nome sagrado de Jesus Cristo. Amém.

Impressionante

A imagem é de um vulcão numa remota ilha da Rússia (Foto: Nasa)

terça-feira, 23 de junho de 2009

Pesquisador dos EUA vem conhecer experiência do Iprede e Banco Palmas

Warner Woodworth é defensor da tese de concessão de microcrédito para a população mais carente como saída para reduzir a pobreza mundial

O Iprede vai receber, às 15 horas desta quarta-feira, a visita do professor Warner Woodworth, da Marriot School of Management, Bringham Young University (BYU), que é Ph.D. em comportamento organizacional pela Universidade de Michigan. Ele vem conhecer o trabalho do Iprede e do Banco Palmas e manter contatos com o Banco do Nordeste e Unicef. A sua visita a Fortaleza deve-se à abertura de uma unidade da Bringham Young University (BYU) na cidade.

Warner Woodworth é defensor da tese de concessão de microcrédito para a população mais carente como saída para reduzir a pobreza mundial. Ele defende que pequenos empreendimentos poderão mudar a história de bilhões de pessoas no mundo que são pobres ou miseráveis. Ele foi o grande apoiador de Mohamed Yanus, criador do banco popular da Índia e vencedor do Nobel da Paz.

domingo, 21 de junho de 2009

Vídeo do Batismo do Vinicius

Fiz este vídeo para o batismo do Vinícius
video

Batismo do Vinicius


Ontem dia 20/06 foi o Batismo do meu filho Vinícius, foi muito especial para todos nós.
Praticamente a família toda estava reunida para assistir este momento tão especial na vida dele.
Apesar da água estar muito gelada ( o aquecedor da pia batismal não funcionou) ele ficou muito feliz.
Este foi o primeiro passo para que ele possa um dia voltar a presença do nosso Pai Celestia.
Parabéns Filho.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Élder Russell M. Nelson, membro dos Doze é vítima de assalto em Moçambique

Elder Russell M. Nelson, do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sua esposa, Sister Wendy Nelson, estiveram na capital de Moçambique, Maputo, este final de semana para participar de reuniões com a liderança local da Igreja.

Na sexta-feira à noite, 29 de maio de 2009, assaltantes armados invadiram uma residência onde eles estavam jantando com o presidente da Missão, Elder Blair Packard, e sua esposa, Cindy.

Os assaltantes roubaram todo mundo, quebrando o braço da Sister Packard e ferindo os demais. Apesar do ataque, Élder e Sister Nelson decidiram cumprir com as designações do final de semana. Agora o casal prepara-se para voltar para Lago Salgado.

As autoridades americanas aconselham seus cidadãos a serem cautelosos em suas viagens à Moçambique. O website do Departamento de Estado Americano adverte que os crimes mais comuns praticados contra visitantes americanos são assaltos e furtos de veículos.

Fonte: Vinde e Vende
http://www.vindevede.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=139

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO